Blog Posts publicados pelo Dr. Fabiano sobre diversos assuntos

Biografia: Um ato fundamento na existência

Muitos pensam que biografia é coisa de gente rica e famosa. Pensam que biografia só existe nas páginas de um livro escrito por alguém que se interessou e pesquisou a história de uma figura pública. Mas isto não é verdadeiro. Biografia é coisa de todos. Tanto ricos e famosos quanto os comuns tem a sua. E o mais importante: os maiores biógrafos são também os protagonistas principais da história, pois esta não é uma história que se escreve simplesmente no world ou em outro editor de texto qualquer, e sim uma que se escreve através das decisões tomadas ao longo da existência.

A palavra biografia, em seu sentido etimológico, quer dizer “escrever a vida”. Daí porque muitas pessoas acreditam que só é biografado o que é escrito. Confundem o etimológico com o literal. Quando alguém lê que Jesus Cristo é o verbo de Deus certamente não pensa nele como sendo literalmente um verbo. Todos sabem que não existe o verbo jesuscristar. A palavra verbo pode ter mais de um sentido, assim como a palavra escrever. Aquele que escreve a história de alguém (o biógrafo profissional) apenas põe numa obra algo que já foi escrito na história viva da própria pessoa. Logo, o primeiro escritor é o próprio biografado, que escreve e traça sua história na maneira como vive.

Porém, existe ainda outra forma de biografia: a lembrança que se imprime na memória das pessoas. Toda lembrança é uma história também. A maneira como seremos lembrados representa o enredo que escrevemos na mente dos que foram alcançados por nossa vida. Tem gente lembrada como inútil, como alguém com quem não se pode contar. Tem gente que é lembrada com pena, como um personagem frágil com quem também não se pode contar, pois precisa mais de apoio do é capaz de oferecer. Tem gente que é lembrada como caçadora de relacionamento amoroso, como uma pessoa que se deprecia e perde COMPLETAMENTE seu valor. Por outro lado, tem aqueles que são lembrados como heróis, agregadores de valor, lideres, fontes de inspiração. O que diferencia um grupo do outro? A maneira como os membros de cada grupo vivem sua vida.

É muito importante entender que nossa biografia é nossa obra. Uma obra é composta por vários atos. Pensemos numa obra no sentido da construção de um prédio. Quando alguém contrata um arquiteto ou compra um terreno para construir, ainda não existe a obra. Quando o arquiteto começa a desenhar o projeto, e mesmo quando o finaliza, ainda não existe a obra. A obra só existe quando vários atos são desempenhados no intuito de se materializar aquilo que está mapeado no projeto arquitetônico. No transcorrer dela, muitas vicissitudes podem ocorrer e alterações podem ser realizadas. Ela só poderá ser julgada bem sucedida se chegar ao final.

A obra da vida segue a mesma lógica. É composta por vários atos. O problema é que tem muita gente querendo ser reconhecida antes de acabar a obra, como o construtor de um prédio que deseja que seu prédio seja reconhecido como existente porque uma parede foi levantada. Alguém toma uma decisão certa e busca aplauso por ela. Exige que outras reconheçam sua mudança por conta de uma atitude ou punhado de atitudes acertadas. Mais adiante esta mesma pessoa emite a maior prova de que não se encontrava no caminho de uma mudança verdadeira, mesmo quando aparentemente acertava. Ela diz: “como não obtive estímulo ou reconhecimento, acabei retornando ao que eu era”. Necessitar de estímulo é a MAIOR PROVA DE FALSA MUDANÇA QUE PODE HAVER. Imagina alguém que diz ter descoberto que dançar é bom. Pouco tempo depois diz que, como ninguém percebeu que estava gostando de dançar e como ninguém lhe disse para continuar dançando, parou de gostar da dança e desistiu. ALGO ASSIM NÃO FAZ O MENOR SENTIDO. Quem começou a gostar de dançar, DANÇA E PRONTO. De tanto dançar, começa a ser visto como um dançarino ou, no mínimo, como um apreciador da dança.

Entendeste a lógica? Tua biografia está sendo escrita POR TI, neste exato momento. Continuará sendo escrita por algum tempo, até que seja reunido material suficiente para que uma imagem seja edificada. Não é uma decisão, uma atitude, um pensamento que vai decretar esta obra como boa ou ruim, mas o conjunto das decisões e pensamentos que se mantém ao longo de certo período. Já paraste para pensar que imagem (biografia) tuas atitudes atuais estão construindo??? Talvez seja bom fazer isto agora.

Fabiano Goes.

Queila Trizotti

Quando eu conheci o Dr. estava em uma das fases mais difíceis da minha vida, acabado de terminar um relacionamento com problemas financeiros e com a vida profissional despencando, mas através da mentoria dele fui colocando cada coisa em seu devido lugar, hoje me considero uma pessoa extremamente feliz e realizada, e quando trabalhamos nossa força interior e autoconfiança as coisas simplesmente acontecem, eu evolui tanto e obtive tantos resultados, que hoje ajudo ele meu mentor dr Fabiano Goes, a levar a sua mensagem de transformação e desenvolvimento pessoal para maior número mulheres possível. E acredito tanto na causa e no propósito e na transformação que ele gera que atualmente me tornei co-produtora Dele, que pra mim é uma honra.

Etine Oliveira

Você realmente é um profissional incrível, pois consegue fazer qualquer assunto interessante. Transborda amor pelo que faz, e o resultado não poderia ser diferente. Nós que agradecemos por compartilhar tantas informações transformadoras e relevantes. Acredito quão feliz e realizado você fica com feedback positivo que tem proporcionado na vida de tantas pessoas. Obrigada por ser este profissional sensacional.

Daniela Diniz

Advogada

Dr. você me ajudou tanto através dos seus vídeos, que nem sei se conseguirei expressar por palavras p quanto bem você me fez/faz. Obrigado por me mostrar o outro lado da coisa (sem visão romantizada que o sendo comum tem sobre quase tudo). São os seus vídeos a minha primeira busca da manhã, pois lá através da linguagem mais objetiva e acessível do mundo, eu passei a entender coisas “simples” que jamais ninguém foi capaz de explicar. Obrigado por tudo… mil vezes obrigado!

Tati Haurani

Aprendi a me amar em primeiro lugar. Aprendi que a esperteza e a experiência são ais importantes que diplomas. Aprendi que devemos aprender alguma coisa todos os dias. Aprendi que “camarão que dorme a onda leva”. Aprendi que devo conviver com pessoas que me agregam alguma coisa. E que eu devo exercitar o tempo todo a arte de “dar e receber” pois mesmo achando que não estou recebendo, o Universo manda tudo vive boa de volta. Antes, eu só sabia ganhar dinheiro. Hoje eu sei ganhar tudo que quero!

Ir para o topo